Ontem foi um dia turbulento para os fãs do AC/DC. O comediante Jim Breuer, em seu programa de podcast , “The Metal In Me”, fez comentários da conversa privada que teve na semana passada com o vocalista Brian Johnson. Com certo exagero assumido mais tarde por Jim, as declarações dominaram as redes sociais e os sites de notícias tendendo ao sensacionalismo e aos títulos apelativos. A filha de Cliff Williams e alguns parentes de Brian rebateram a história.

Breuers ficou conhecido por Johnson – e pelos fãs do AC/DC – quando apareceu em um programa de TV que fazendo imitação do vocalista. É um pessoa ligada a Brian Johnson. Em julho de 2007, no BB Kings em Sarasota, Flórida, EUA, ele subiu ao palco com Brian e o baixista Cliff Williams para fazer uma brincadeira durante a apresentação. Em 2008, o vocalista cantou “Rock n’ Roll Ain’t Noise Pollution” em seu programa de rádio. No ano passado também anunciou que Brian Johnson faria uma participação em seu álbum de metal.

Brian Johnson e Jim Breuer

Brian Johnson e Jim Breuer

Tendo tudo isso em perspectiva, até então, Jim não é um cara qualquer na vida do vocalista.

O podcast

No podcast, Jim comenta sobre a conversa que teve com Brian (que provavelmente aconteceu no dia 10 ou 11 de março), quando o comediante esteve em Sarasota, cidade onde Brian vive com a esposa, para participar de um evento beneficente. Leia os trechos do que Jim Breuer fala e que causaram todo o burburinho:

“Brian disse que ele ligou [para a banda] e informou: ‘Foi isso aqui que o médico disse, mas vamos tentar ver o que dá pra fazer. Eu não acho que tão ruim como ele colocou’. Então, literalmente no dia seguinte na mídia estava: ‘Brian Johnson, Turnê Cancelada, Ele está ficando surdo’.”

“Brian disse: ‘Eu gostaria de terminar o que começamos e fazer alguns shows. Eu acho que podemos fazer isso’. Breuer continua, “Então todos os aparatos de turnê dele apareceram na garagem. Não ligaram. Não teve ‘como está sua audição’ e ‘sua saúde? Boom. Aqui estão suas coisas, foi bom te conhecer.”

[Nota: é importante frisar que há exageros de Jim nesses comentários; Ele diz em nota no Facebook que exagerou em certos momentos, e que suas citações não remetem ao que Brian Johnson falou, mas sim em sua impressão ao sentimento do vocalista].

“(O médico disse) ’E agora você vai fazer shows em arenas fechadas? Eu não vou aconselhar isso. Você é um cara crescido. A decisão é sua, mas de forma alguma eu brincaria com isso.”

“Ele só ligou e deu essa informação”, diz Breuer. “Ele não disse que queria parar. Não disse que estava acabado. Ele só ligou e repassou essa informação. E dois dias depois ele leu tudo aquilo sobre surdez, vocalista convidado, nos jornais.”

“Eu fui até a casa dele”, disse Breuer. “Ele estava deprimido. Eu nunca vi ele tão pra baixo assim. Ele estava chateado, se sentindo como se fosse jogado na sarjeta.”

“Eu perguntei se ele havia conversado com a banda”, Breuer continua. “Ele disse: ‘Não é o como você acha, cara’.”

“Brian disse: ‘Eu falei com Angus. Mas ele não fala. Ele não fala.’”

“Brian falou para Angus: ‘Parece que você está preocupado. Só quero que você saiba que eu estou aqui. Eu não sei se consigo fazer todos os shows, mas eu gostaria muito de fazer todos que eu conseguir.”

Breuer comenta: “Não houve resposta da banda. Parece que Brian ouviu que a banda já tem alguém contratado, mas ainda não anunciaram.”

“Brian falou que Angus é o mais novo da banda”, disse Breuer. “Ele está convencido que Angus quer continuar pelos próximos 10 anos, com ele ou sem ele. Angus quer escrever um outro álbum e fazer mais uma turnê.”

Esses foram os principais trechos do podcast publicado Jim Breuer originalmente na segunfa-deira, 14 de março.

A reação

Os fãs reagiram muito mal aos comentários um pouco exagerados do comediante, que deram brechas para a mídia se aproveitar e criar títulos sugestivos muito negativos para a banda e para Angus Young.

Com isso, o Breuers postou mais tarde uma nota em sua fan page no Facebook:

“Como amigo, foi difícil ver Brian naquele estado pela primeira vez na vida. Ele não é um cara de desistir, estava chateado de verdade pela situação em que foi colocado. Falei como um fã de verdade e companheiro, como se ele fosse um irmão. Espero vê-lo cantando mais uma vez. Lembrem sou um comediante e contador de histórias. Às vezes, exagero ou me deixo levar pela emoção. Foi o que aconteceu.”

A filha de Cliff Williams, Erin Lucas, reagiu aos comentários do comediante em seu perfil no Instagram:

“Isso faz meu sangue ferver. Nada disso chega perto de ser verdade”.

A filha do primeiro casamento de Brian Johnson, Kala Johnson, também comentou:

“100% ficção. A forma com que essa besteira toda começou e foi considerada está além do meu entendimento.”

Um dos sobrinhos de Johnson, filho de seu irmão Maurice Johnson, comentou em seu perfil privado:

“Não dê ouvidos às besteiras de hoje.”

A Sony, sobre o futuro da banda em relação à turnê e ao futuro com Brian Johnson e vocalista convidado, de acordo com a nota publicada por eles, a resposta foi:

“Por hora, fomos aconselhados a não comentar sobre os assuntos relacionados ao AC/DC”.

Comentários

Comentários