Em 1981, logo depois de a banda lançar o álbum For Those About to Rock e cair na estrada nos Estados Unidos, o AC/DC foi rotulado pela Maioria Moral como músicos que adoravam o demônio.

A frente evangélica daquela época criou várias teorias sobre a banda. As que tiveram maior divulgação foram as que tentavam explicar o significado do nome AC/DC: Anticristo/Filhos do Demônio (Anti-Christ Devil Child) e Ataquem Cristãos/Destruam Cristãos (Assault Christians / Destroy Christians).

No ano passado, em uma entrevista para o site Loudwire, Brian Johnson conta sobre o sufoco que a banda passou quando Tipper Gore, esposa do senador e depois vice-presidente Al Gore decidiu protestar em um dos shows.

Assista legendado em português!

Comentários

Comentários